Sobre

Arimbá é um pote de barro para guardar doce. Dizem que os doces não faziam parte da bagagem desses viajantes, mas é deles que vem uma culinária recheada de história. Resolvemos reinventar essas historia juntando comida caipira, campeira e tropeira. Reproduzimos alguns pratos e criamos outros. E claro, faremos muitos pratos sazonais de cada culinária de cada uma das culinárias. Todos feitos com ingredientes da terra e com a mais pura intuição. Trouxemos farinha de milho de monjilo, goiabada artesanal, rojão de Ribeirão grande, fubá de moinho d’água, café premiado, cachaças de alambique, queijo canastra, feijão manteiga do Espírito Santo. Enfim, muitos produtos que fazem parte da cozinha de raiz. Simples, mas cheia de sabor e sustança, então...